"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" João 3:16. "

Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios. Salmos 37.7


04/11/2008

SEI QUE ...

Sei que:
Sou amada do Pai;
Ele me quer e deseja;
É o meu melhor amigo;
É o meu companheiro;

O Pai está sempre comigo;
Nunca me abandona;
Sabe tudo acerca de mim;
Conhece-me melhor do que eu própria;

Não me condena;
Defende-me sempre;
O Pai protege-me;
Guia-me;
Guarda-me de todos os perigos;

É o meu consolador na angústia;
Limpa as minhas lágrimas;
Ouve o meu clamor;
Responde às minhas orações;

Tem o melhor para mim;
Está no controle de toda a minha vida;
Perdoa as minhas faltas;

O Pai cura as minhas enfermidades;
O Pai anseia que eu o busque;
Alegra-se com a minha presença;
Chora quando eu choro;
Fala-me mansamente;

O Pai preenche todo o meu ser;
O Pai me ama.

Isabel

01/11/2008

Esta é a voz do meu Amado

Cantares 2.8A voz de Deus é inconfundível. Ela é suave, amorosa, ela dá paz. Jesus mesmo ensinou em João 10.4 que as ovelhas seguem o pastor porque conhecem a sua voz: “Depois de conduzir para fora todas as que lhe pertencem, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz”.Jesus usou as ovelhas, para demonstrar que se elas, sendo animais, conhecem a voz do seu pastor, muito mais nós, seres humanos, racionais, não devemos ter dúvidas acerca da voz do nosso pastor Jesus, e saber distingui-la da voz do salteador.
Lázaro também conheceu a voz de Jesus. Estava morto havia quatro dias, mas quando Jesus o chamou pelo seu nome, Lázaro ergueu-se do túmulo e saiu pelo seu próprio pé e depois até foi visto comendo à mesa com Jesus, celebrando, talvez a sua ressurreição.
Quando Jesus foi baptizado, logo que saiu da água, diz a Palavra do Senhor que se ouviu uma voz do céu: “e ouviu-se dos céus esta voz: Tu és meu Filho amado; em ti me comprazo, Mc 1.11”. “ouviu-se”. Esta palavra diz-nos que aquela voz foi ouvida por todos os que estavam presentes naquele lugar, e ninguém teve dúvidas acerca de quem estava a falar. E porquê? Precisamente porque a própria mensagem que aquela voz inseria, denunciava quem falava, porque se estava a referir a Jesus, Filho Amado do Pai.
Só há uma pessoa que nos pode tratar por “filhos amados” e quando ouvires a sua voz tratando-te desse modo, não vais confundir. Vais saber que é o teu Pai Amado.
Em João 20.16, Maria foi ao túmulo de Jesus. Ao ver que Jesus não estava ali, foi assaltada por um sentimento de medo por pensar que tinham roubado o seu Senhor. E nem reparou que Jesus estava mesmo ao pé dela, mas pensou tratar-se do jardineiro. Jesus falou com ela, houve até uma conversa estabelecida entre os dois, mas Maria só reconheceu Jesus, quando Ele a chamou pelo nome: “Disse-lhe Jesus: Maria! Ela, virando-se, disse-lhe em hebraico: Raboni! - que quer dizer, Mestre. Jo 20.16”.
Há uma maneira que Jesus tem de te chamar pelo teu nome. É uma maneira especial. Só para ti. Só tu e Ele é que conhecem essa maneira.
O encontro entre Maria e Jesus ao pé do túmulo, mostra que às vezes as circunstâncias podem impedir-nos de O conhecer. Mas, quando te chamar pelo teu nome, tu o conheces, porque ele se identifica de maneira que só tu e ele sabem. Não vais confundir nunca a voz do teu Amado.
Já ouviste a voz de Deus numa visão? Eu já. E o que essa voz me disse foi inconfundível porque falou de coisas que lhe são peculiares. Não tive duvidas. Deus falou-me. Conheci-O pela sua linguagem, porque o que disse o denunciou. Mais ninguém me podia dizer o que me disse “aquela voz”, especialmente o inimigo das nossas almas. Esse veio para “roubar, matar e destruir (Jo 10.10)”, mas “aquela voz” falou-me de vitória, falou-me para eu lutar, porque iria vencer, e esta linguagem é de Jesus, porque só Jesus quer “que todos os homens sejam salvos e venham ao conhecimento da verdade” (1 Tm 2.4). Quando Jesus te fala, é para te dizer que está contigo, que te ama, que quer ter comunhão contigo, que não te deixa nem te desampara, que espera por ti o tempo que for preciso, ele não te força, deixa que te decidas por ti mesmo. Ele ama-te muito.
Que possamos cultivar a cada dia uma comunhão com Deus de tal forma que sempre possamos reconhecer a sua voz. Mesmo que as circunstâncias por vezes nos queiram impedir, fiquemos firmes no que Jesus nos disser, porque a sua mensagem é inconfundível, e então podemos dizer: Esta é a voz do meu Amado.
Isabel

caixinha de promessas

.

.